segunda-feira, 30 de março de 2009

UFC 9 - as primeiras mudanças para chegar ao UFC de hoje começaram aqui.

UFC 9 Zane Frazier (American Kempo) vs. Cal Worsham (Tae Kwon Do)
Parte 1

UFC 9 Mark Hall (Moo Tea Do) vs.
Koji Kitao (Sumo)
Outra luta sangrenta.
Parte 1

UFC 9 - Nesse evento as coisas começaram a mudar

UFC 9 Rafael Carino (Jiu-Jitsu) vs.
Matt Andersen (Warrior Training)
Mais um brasileiro desconhecido que tentou
dominar o UFC.
Parte 1







UFC 9 Mark Schultz (Wrestling) vs.
Gary Goodridge (Kuk Sool Won)

Essa é para quem gosta de ver sangue.
O homem do crucifixo matador pegou uma pedreira.
Parte 1
Parte 2

Jacaré comenta os treinos de Anderson

Anderson Silva enfrentará, pela primeira vez, um faixa-preta brasileiro no octagon do UFC. Para a luta contra Thales Leites, no UFC 97, o campeão convocou o que há de melhor no quesito chão: os campeões mundiais Ronaldo Jacaré e André Galvão. E para o bicampeão absoluto, Anderson está com o jogo de chão afiado para o confronto. “Anderson está treinando bem e está forte em todos os fundamentos do MMA. Em pé o Anderson é um fenômeno, mas se alguém pensa que vai levar o Anderson para o chão e finalizar está muito enganado. Ele é um talento no chão, tem nível de faixa-preta”, garante Jacaré, que adianta. “Anderson é inteligente e ótimo de MMA, pode surpreender qualquer adversário. Mas, para essa luta, eu acho que ele vai fazer um jogo que ele seja melhor”.

Tatame



Michael Bisping participou do Setanta Sports “Ultimate Hour” e falou sobre seus próximos oponentes. Sobre o brasileiro Demian Maia, disse: “Ele é um dos melhores caras em submission do mundo e tenho o máximo de respeito por ele, mas para me bater, ele teria que me derrubar e não conseguiria isso. Ele é um poney de um truque só. Eu o comeria como um peru de natal.”

Sobre Anderson Silva: “Está definitivamente nos planos quando eu vencer o Dan e seria uma honra lutar com ele. É o melhor lutador peso por peso do mundo. Seria a luta mais difícil da minha carreira e estou ansioso por isso.”

Sobre Dan Henderson: “Ele disse que eu gosto do som da minha própria voz e tive que dizer alguma coisa porque ele estava enfadonho. Passar o tempo com ele tem me dado confiança. Após ter crescido vendo-o lutar, agora sei que ele é apenas um ser humano. Também sei que ele perderá em nossa luta. Ele é difícil de ser batido mas vencerei cada minuto de cada round. Sou muito rápido para ele. Contanto que eu evite sua grande mão direita e o clinche, essa luta é minha.”

bsb

Henderson, "Eu aposto no Wand"!

O ex-campeão do Pride, Dan Henderson, em entrevista recente disse que Wanderlei Silva deverá vencer Rich Franklin no UFC 99 em junho.

Falando a DemandMMA.com, Henderson explicou:

"Wanderlei & Franklin? Hummm. Se Rich não bater muito duro em Wand, deverá então levá-lo ao chão. Rich não têm um grande wrestling, e para levá-lo ao solo pode não ser fácil. "

" Wanderlei põe pressão em seus adversários, acho que Rich vai estar em grandes problemas se for trocar. Então, eu aposto em Silva. A luta será muito interessante. "
the octagon

"Aposta da casa: Henderson!"


Dan Henderson disse a todos os seus fãs para fazerem suas apostas e colocar dinheiro em cima dele à frente do seu combate no UFC 100 contra, Michael "The Count" Bisping.

Em entrevista a um site, Henderson disse:

"Aposta da casa! Henderson."

"Eu realmente não posso expor o meu plano de jogo. Mas estou bastante certo de que vamos lutar em pé, na maior parte da luta, por isso vou tentar não chegar muito próximo a Bisping's, pois sei que o seu bom é vou puxar guarda. "

Henderson foi então questionado sobre o fato de que o Bisping nunca foi nocauteado ou finalizado em sua carreira MMA.

"Gostaria de salientar que ainda não lutei com Bisping ainda, o que poderia explicar por que motivo ele ainda não foi nocauteado ou finalizado ainda."
the octagon

sábado, 28 de março de 2009

Jacaré de volta ao ringue no Dream 9



Alguns meses depois do cansativo GP peso médio do Dream, Ronaldo Jacaré já tem data certa para voltar ao ringue japonês. Em conversa com a TATAME, o lutador revelou que está escalado para a nona edição do evento, que acontece no dia 26 de maio. “Eu vou lutar no Dream 9, mas ainda não sei o nome do meu adversário”, contou o bicampeão mundial de Jiu-Jitsu, treinando forte na academia. “Os treinos estão fortes. O Distak está cuidando da parte de MMA, o Camões cuida da parte física e o Daniel do Muay Thai... Somando isso com os parceiros de treino, o bicho pega”, garante.

Treinando ao lado de André Galvão, que está com estréia marcada para a oitava edição do Dream, Jacaré está confiante no desempenho do amigo, que disputará o GP meio médio. “O André está muito forte e fez todos os treinamentos religiosamente certos, só acho que ele treinou um pouco demais (risos). Tenho certeza que o André vai subir no ringue e deixar todos felizes com seu desempenho. Ele vai se sair muito bem, com certeza”, aposta. Na mesma edição que volta aos ringues, Jaca verá seu algoz na final do GP, Gegard Mousasi, subir de peso para enfrentar Thierry Sokoudjou. “Ele (Mousasi) é um ótimo atleta e vai se sair bem nessa nova categoria”, finalizou.

Minotauro e Minotouro no BOPE

Belfort: "eu sei que Lyoto traz o cinturão"



Vitor Belfort esteve ao lado de Lyoto Machida em Belém e trabalhou com o karateca, que enfrentará Rashad Evans no UFC 98, que acontece no dia 23 de maio, em Las Vegas. A luta será pelo cinturão de meio-pesados da organização, título que não vem para o Brasil desde a derrota do próprio Belfort para Randy Couture.

"Fui contratado para um evento que teve lá, o Iron Fight. O Lyoto é um grande amigo meu, um cara que tenho amizade nesse meio e uma consideração muito grande. Sempre que estamos juntos, procuramos treinar. Aprendi muita coisa com ele, dividimos outras e foi muito bacana. Conheci a academia do pai dele, que é tradicional no karate e hoje é voltada para todas as lutas. Um amigo meu lá também, o Bony, que é um grande produtor de açaí, é nosso amigo em comum. Foi maravilhoso, tive grandes momentos e o tratamento foi sem palavras", comentou Vitor ao Portal das Lutas.

Sobre o combate de Lyoto contra o atual campeão Rashad Evans, Belfort não tem dúvidas: confia cem por cento no amigo, que está invicto no vale-tudo com 14 vitórias.

"Achar é uma palavra que não se enquadra no meu dicionário. Eu sei, eu conheço o Lyoto. Eu não acho dele, eu tenho certeza. Ele estará com todas as condições de trazer esse cinturão para o Brasil. Esse cinturão, de meio-pesados, não vem para cá desde a época que ganhei do Randy Couture. Somente uma vez ele esteve no Brasil, que foi quando ganhei, e estou muito feliz porque tenho certeza que o Lyoto vai trazê-lo. Será um gostinho de vitória para mim e para todos que vivem a luta no Brasil. Poderemos dizer que o país tem mais um campeão mundial nesse peso", encerrou.

PDL

sexta-feira, 27 de março de 2009

Alulão de Arona, Bitetti, Belfort, Minotouro e Pequeno para a PF (polícia federal)

UFC 97: Anderson Silva Treinando no Brasil



WEC 40 Preview/Promo: Miguel Torres

Murilo Rua Ninja Vs Thiago Silva na Chute Boxe

UFC 97 Extended Preview Video

DREAM 8: Sergei Kharitonov vs Jeff Monson

dream8-a

Foi confirmada hoje a luta entre os pesos pesados Sergei Kharitonov e Jeff Monson no DREAM 8.

O evento apresentará a primeira rodada do grand prix da categoria welterweight, para atletas de até 70Kg, com a participação da estrela japonesa, Shinya Aoki.

O card terá, ainda, a última luta da primeira fase do grand prix da categoria featherweight (até 66Kg), em que Hideo Tokoro enfrentará Daika Hata.

A seguir as lutas aguardadas para a próxima edição do DREAM, sujeitas a alteração.

Ikuhisa Minowa vs. Katsuyori Shibata
Murilo Rua vs. Dong Sik Yoon
Andrews Nakahara vs. Shungo Oyama
Sergey Kharitonov vs. Jeff Monson

1stRound of Welterweight Grand Prix:

Shinya Aoki vs. Hayato Sakurai
Yuya Shirai vs. Jason High
Marius Zaromskis vs. Seichi Ikemoto
Andre Galvao vs. John Alessio

1stRound of Featherweight Grand Prix:

Hideo Tokoro vs. Daika Hata


bsb

A mais disputada categoria do UFC



A categoria 205 libras, é certamente a de maior glamour do UFC. Contando com os os maiores astros do evento, esta divisão está em constante revezamento ao longo dos últimos 12 meses. Nesta altura do ano passado, Quinton "Rampage" Jackson foi o campeão e o Forrest Griffin foi próximo.Lyoto Machida "correndo por fora", silenciosamente, tendo cometido o "crime" contra o ex-campeão Tito Ortiz, sendo esete o primeiro verdadeiro teste de Machida. No meio dos possíveis desafiantes ao título, estava um tal Rashad Evans que na época, não fazia muito que estava no UFC. O ex-campeão dos médios Rich Franklin estava tentando descobrir o seu lugar na divisão nesta categoria, depois de sofrer sua segunda derrota nas mãos do maior lutador peso por peso, Anderson Silva. De lá pra cá, foram 12 meses e cada um dos lutadores já estão em posições muito diferentes.

O CAMPEÃO....

Rashad Evans: Demorou algum tempo, mas Evans sempre acreditou em sí mesmo. Nas suas primeiras lutas, a principal preocupação de Evans era não perder. Ele hesitou dentro do Octagon. Você pode vê-lo pensar, em vez de agir. Ele não poderia estar mais longe do título nesta época. Evans agora acredita ser o melhor da divisão, e sua confiança justifica-se. Em 2008 o mundo viu Evans nocautear o "The Ice Man" Liddell para ganhar uma chance ao título. Então, quando o seu momento chegou, ele venceu Griffin-campeão com brutalidade. Com o cinto em torno de sua cintura, provavelmente Evans acredita que ele é imbatível. Tenho a noção de que um lutador não é verdadeiramente campeão até que ele defenda com sucesso o seu cinturão pelo menos uma vez. Evans enfrentará Machida no UFC 98 em 23 de maio, no que pode ser o seu mais duro teste até agora. Uma vitória sobre Machida não vai deixar nenhuma dúvida de que Evans é um verdadeiro campeão.


O DESAFIANTE

Lyoto "The Dragon" Machida: A maneira que ele ganha, sem nunca sofrer danos é o que mais impressiona. Claro, que para muitos, o seu estilo não agrada....Sendo até considerado "chato". Essa é uma avaliação injusta. Demora muito para um atleta chegar à este nível, e Machida foi bem sucedido apesar de lutar com atletas muito agressivos, vencendo adversários como Ortiz, Remeau Sokoudjou e Thiago Silva. Ele dominou cada um desses homens sem maiores dificuldades. A pergunta é: Será que ele conseguer repetir isso contra Evans? Muitos acham que não. Basta dizer, que Evans pode ser o mais duro teste para Machida até então, mas definitivamente é uma via de dois sentidos. Machida nunca enfrentou alguém com a mesma mistura de força, condicionamento e alto nível de wrestling o como Evans. Ista vai ser uma grande luta. Sabemos que pode haver momentos de apatia, uma vez que ambos preferem o contra-ataque. Independentemente, disso será um grande combate entre os melhores.


O PRÓXIMO DA FILA

Quinton "Rampage" Jackson: Seria ele o desafiante antes de Machida se não fosse um lesão na mandíbula. Uma cirurgia e um pouco mais de um mês, farão Rampage estar pronto para voltar aos treinos. . Então, ele provavelmente irá tomar o seu legítimo lugar como o próximo na fila para o vencedor de Evans/Machida. Não é o mais completo dos lutadores, e precisou de algum tempo para garantir a vitória contra um desajeitado Jardine. Em seus últimos cinco combates, o ex-campeão derrotou três "TOPs" Liddell, Dan Henderson e Wanderlei Silva. A última destas três lutas foi sem dúvida a maior vitória da sua carreira, porque ele finalmente encontrou uma maneira de derrotar o seu arco inimigo. Rampage fica no topo da cadeia alimentar, em termos de força física. Possui um excelente wrestling defensivo, e é fácil ver porque Rampage foi capaz de subir ao topo da divisão tão rapidamente.


ANTIGOS CAMPEÕES

Chuck "The Iceman" Liddell: Houve um tempo,em um passado rescente, Liddell era o lutador mais temido peso por peso. Esses dias se foram após sofrer três derrotas em suas últimas quatro lutas, Incluindo dois knockouts. A nove meses do seu 40o aniversário, Liddell está começando a mostrar o desgaste de mais de uma década competindo dentro da Octagon. Ele não é tão ágil como ele foi durante o seu reinado. Ele não tem a mesma agilidade. E ele não parece ter o mesmo os mesmos reflexos necessários para lutar contra outro bom trocador, algo que Liddell adora fazer. George Foreman é a prova viva de que um lutador experiênte pode vencer. Assim, Liddell continua sendo ultra perigoso cada vez que entra na jaula. Em 18 de abril, ele irá retornar contra a Mauricio "Shogun" Rua. Esta luta deverá ser uma verdadeira guerra. Se não estiver em plena forma física, ele pode muito bem acabar como Michael Moorer, inconsciente em sua volta. Forrest Griffin: Griffin's venceu Rampage no UFC 86, e esse foi o seu melhor momento. Foi um daqueles momentos em que trabalho duro, e o talento, provou que tudo é possível se se a pessoa realmente se esforçar. Evidentemente, Griffin's ser o campeão desta divisão foi algo curioso. Em sua primeira defesa, Evans lhe tomou o cinturão. Mas isso não diminui a importância da vitória de Griffin. Já foi provado que ele não é apenas um bom lutador. Forrest Griffin é um TOP. Vitórias sobre Mauricio "Shogun" Rua e Rampage comprovam este fato. Perder para Evans não muda nada. Mas o ex-campeão certamente quer se livrar do gosto amargo da derrota vencendo sua próxima luta. Quando e contra quem permanece uma questão em aberto neste momento. No entanto, Griffin's é sinônimo de determinação, ética e um enorme coração. Mauricio "Shogun" Rua: Quando Shogun nocauteou Ricardo Arona no final do Grand Prix do PRIDE, muitos lhe apontavam como melhor lutador do mundo. Foi difícil discordar, porque Shogun em um torneio com os melhores lutadores da época venceu todas as suas lutas, o que incluiu vitórias sobre Rampage, Antonio Rogerio Nogueira e Alistair Overeem. Mesmo após uma derrota gerada por uma fatalidade contra Mark Coleman, Shogun continuou sua posição dominante até sua estréia contra Griffin UFC.Depois da luta, Shogun foi taxado de "superestimado" por muitos. Esses foram os resultados da sua luta com Griffin. Shogun esta finalmente pronto e 100% condicionado. Ele provou isso após uma difícil luta contra Mark Coleman. Agora, oa o antigo campeão do torneio PRIDE irá finalmente enfrentar Liddell nesta tão esperada luta. O vencedor do Shogun Iceman irá ficar muito bem cotado dentro do evento.


OUTROS TOPs

Rich "Ace" Franklin: Franklin's aproveitou bem seus últimos quatro anos de carreira, destes, 16 meses foi ele o campeão de sua categoria. O único problema foi a chegada de Anderson Silva, que é provavelmente o lutador mais devastador do UFC. Com Franklin incapaz de derrotar Silva após duas tentativas, o lutador nascido em Cincinnati decidiu voltar à primeira divisão, onde deixou sua marca no interior da Octagon-light heavyweight. Mas não foi bem sucedido, como Franklin sofreu uma derrota por decisão dividida contra Dan Henderson em janeiro. Franklin está olhando para as derrotas e fazendo um balanço dos seus seis anos de carreira e como ele enfrentará o antigo campeão Wanderlei Silva em um combate de 195-libra no UFC 99. Brandon "The Truth" Vera: É assustador como este cara é realmente talentoso. Vera mistura wrestling, Jiu Jitsu, Muay Thai, etc. Na verdade, não precisamos voltar muito no tempo para recordar um momento em que especialistas como Joe Rogan disseram que Vera poderia ganhar tanto no peso pesado quanto na categoria de baixo. Agora que ele controla o peso para baixar a £ 205, Se Vera continuar empenhado, sendo muito agressivo, sendo tático, o céu é o limite. Na verdade, muitos acreditam que Vera será o desafiate ao título dentro dos próximos 24 meses. Thiago Silva: Neste momento, no ano passado, Thiago Silva era um sério candidato à desafiante. Embora tenha lutado apenas uma vez em 2008, ele continuou vencendo todas as suas lutas, a apresentação contra Antonio Mendes foi memoravel para seu impecável 13-0. Mas no UFC, o inevitável estava ao dobrar à esquina. Claro, Silva sofreu sua primeira derrota na carreira na sua última luta, sofrendo um nocaute de cinema nas mãos de Lyoto Machida. Assim como a derrota de Griffin's para Evans, a derrota de Silva não mudou em nada seus status no event. Todos os lutadores reagem à uma derrota de formas diferentes. Alguns tornam-se hesitantes. Outros se tornam agressivos. No entanto, os melhores crescem após uma derrota. Eles usam-na como uma fonte de motivação. Quase como um sentimento de vingança. Se alguém tem sangue nos olhos para retornar de uma brutal derrota por nocaute com uma enlouquecida sede de vingança, é Thiago Silva.
UFC

Arona: “Shogun é mais completo”

Por Guilherme Cruz

Foto Eduardo Ferreira

A tarde de hoje foi movimentada na Polícia Federal do Rio de Janeiro. Revendo os amigos Vitor Belfort e Rogério “Minotouro” depois de muito tempo, Ricardo Arona era só felicidade no seminário dado à Polícia Federal do Rio de Janeiro. Após os treinamentos com os oficiais, o casca-grossa conversou com a TATAME sobre vários assuntos, entre eles as próximas lutas de seus ex-rivais Maurício “Shogun” e Wanderlei Silva.

“Acho o Shogun mais completo que o Liddell em termos de chão, movimentação, mas o Chuck Liddell é um cara muito duro, muito experiente. Qualquer um pode cair, com certeza”, afirmou Arona, para, em seguida, analisar o confronto entre Wanderlei e Rich Franklin, após sua decisão de descer de peso. “Olha, ele tem a favor dele uma vida inteira onde ele lutou mais pesado, teve atletas muito mais fortes contra ele... Mas ele está pegando uma categoria de muita velocidade, de muito giro e que exige muita condição física”, analisa Ricardo, que falou sobre seus planos para o MMA, o seminário na PF, o reencontro com Minotouro e Belfort, ADCC e sua relação com a BTT. Clique aqui e confira uma entrevista exclusiva com o casca-grossa.

quinta-feira, 26 de março de 2009

Jornal inglês aponta nocaute de brasileiro como “o mais sensacional” do MMA

Mesmo tendo sido derrotado por Shane Carwin no último UFC, o lutador brasileiro Gabriel Napão segue colhendo frutos por sua vitória sobre o lendário Mirko Crocop em uma das edições do evento em 2007.

O jornal inglês The Sun fez um ranking com “os dez nocautes mais sensacionais” do vale-tudo e colocou o do brasileiro sobre o croata na primeira colocação. “O peso pesado brasileiro Gabriel Gonzaga produziu o mais chocante e brutal golpe da história do MMA”, disse o texto. “Ele desferiu, ainda no primeiro round, um chute preciso na cabeça que derrubou o ex-campeão do Pride.”

O ranking ainda conta com o brasileiro Wanderlei Silva em duas posições: no sexto lugar por sua vitória sobre Quinton 'Rampage' Jackson no Pride 28; e na quinta colocação pela derrota para o próprio Crocop, também no Pride em 2006.

Gabriel vs. Cro Cop

Wandereli vs. Jackson luta 1 e luta 2

uol

Wanderlei Silva vs Ricardo Arona 2

Os 10 maiores golpes-assinaturas do MMA


O MMA SLAM apresenta uma lista interessante de lutadores que costumam usar golpes "personalizados" em suas lutas, seja finalizações, socos, chutes, joelhadas, combinações... Enfim, vale muito à pena conferir: (inspirada na lista do Cage Potato)

OBS: Não selecionamos nenhum lutador dos primórdios do Vale-Tudo, época em que cada um defendia a sua arte.


Demian Maia: O matador de leões


Iniciando a lista, o faixa-preta Demian Maia mostra que não está pra brincadeira no MMA. Invicto na carreira com 10 vitórias, o paulista finalizou quatro com o mata-leão, sendo três no UFC, alcançando os maiores degraus rumo ao cinturão dos pesos médios.


Lesnar mãos de pedra?


É fato: desde que o ex-superstar da WWE Brock Lesnar surgiu no MMA, o americano é contestado se é um lutador “de verdade”...mas nas suas quatro lutas na carreira, Lesnar mostrou que tem punhos pesados, derrubando grandes lutadores como Randy Couture, Heath Herring e Frank Mir, que mesmo derrotando Lesnar com uma chave de joelho, sofreu com os socos desferidos pelo atual campeão dos pesos pesados do Ultimate.


Punches do “Iceman” ...


Usando sua sequência de socos poderosa, Chuck Liddell manteve durante 2 anos o cinturão do Ultimate. Talvez a sua guarda seja diferente, porém não se pode negar, ela é muito eficiente. Prova disso foram as vitórias em cima de Randy Couture, Tito Ortiz e e Renato Babalu.


Lyoto Machida e as suas derrubadas


Quando se refere à palavra “queda” no MMA mundial, e principalmente nos Estados Unidos, logo vem à cabeça as manobras de wrestling, ou jiu-jítsu... mas não é bem assim para o invicto carateca Lyoto Machida. Sua técnica consiste basicamente nas rasteiras, fazendo com que ele se mantenha em pé e o seu adversário no chão. Foi usando este método que Machida conseguiu vencer Tiago Silva no UFC 94, obtendo assim a sua chance pelo título dos meio-pesados do UFC.


Shinya Aoki e sua guarda aérea?

Quando se luta contra Aoki, sabe-se que ele quer as coisas do chão. Quedas, derrubamentos se tornam difíceis com adversários que saber se defender muito bem. Então Aoki procurou meios, digamos, mais criativos de levar a luta para baixo: simplesmente forçando a guarda para o solo. Estas e outras manobras fazem do japonês um dos melhores lutadores de sua categoria.


Chaves-de-braço de Fedor Emelianenko


Se você sonha em algum dia enfrentar o fenômeno Fedor Emelianenko, evite o máximo possível que a luta vá para o solo. Se mesmo assim for, proteja bem o seu braço, pois senão sua derrota será iminente. Lutadores como Mark Coleman, Kevin Randleman, Matt Lindland, Hong Man Choi, entre outros já tiveram os seus braços imobilizados pelo russo, tendo Mark Coleman a “honra” de ser finalizado duas vezes.


Os joelhos de um Cachorro Louco!


Se não for o entrelaçar de mãos que Wanderlei Silva faz antes de cada luta sua, talvez sejam as joelhadas a sua marca registrada no mundo das lutas (afinal, quem não se lembra de Wand pendurando Rampage Jackson nas cordas do ringue do PRIDE?). Praticamente todos os seus adversários saíram machucados devidos aos joelhos do curitibano. Será que esse seria um dos fatores que faltam para ele alavancar no Ultimate?


Slam’s de Quinton Jackson

Uma das manobras que mais exige força no MMA, o “Slam” faz com que um lutador vá de uma altura aproximada de 2 metros até o chão em segundos, podendo prejudicá-lo muito durante o combate, ou acabar nocauteado. O atleta que mais faz isso bem é o americano e ex-campeão dos meio-pesados do UFC Quinton Jackson.


Head Kicks de Mirko Cro Cop


A maior especialidade do croata Mirko Cro Cop sem dúvidas são os chutes na cabeça. Em entrevista ao Sensei Sportv no ano passado, Rodrigo Minotauro afirmou que o golpe mais duro que já levou foi o chute do campeão absoluto do Pride, e o descreve como “um taco de beisebol vindo na direção do seu rosto”. Mas sem dúvida, o chute mais espetacular não foi aplicado e sim sofrido por Cro Cop, quando Gabriel Napão o nocauteou no UFC 70.


Combo de Muay Thai de Anderson Silva


Oito lutas no UFC, oito vitórias e o cinturão dos pesos médios da organização. Anderson Silva talvez seja o maior nome da atualidade que representa a arte tailandesa. Rich Franklin descobriu da pior maneira o poder do Muay-Thai no UFC 64, perdendo o seu cinturão e quebrando o nariz. Mesmo finalizando Dan Henderson no UFC 82, Anderson Silva massacrou o adversário com sua impressionante técnica de socos, chute e joelhadas.

Wanderlei Silva Wand Fight Team Raw Vegas Vídeo

Watch Wanderlei Silva Opens His Doors To Wand Fight
Team on RawVegas.tv

Liddell: “Não planejo deixar que Rashad seja campeão muito tempo



Em entrevista exclusiva à revista Fighters Only Magazine (versão americana que chegou ontem às bancas), Chuck Liddell disse que não permitirá que Rashad Evans mantenha o título por muito tempo.
O veterano de 39 anos revelou que ainda se considera um competidor na categoria meio-pesado e não acredita que o atual campeão tenha levado a melhor quando se enfrentaram.



“Não planejo deixá-lo ser o campeão por muito tempo. Achei que estava vencendo aquela luta. Cometi um erro, fui pego e caí. Estava vencendo a luta até então.”

“As pessoas me perguntam sobre aposentadoria após aquela luta. Não fui atropelado e nocauteado. Estava vencendo, vacilei por um segundo e fui apanhado. Cometi um erro.”



Liddell venceu o cinturão em 2005 e o defendeu com sucesso em quatro oportunidades antes da derrota por nocaute para Quinton “Rampage” Jackson, no UFC 71.

Chuck deu sequência à sua carreira com uma derrota por decisão divida para Keith Jardine, uma vitória sobre Wanderlei Silva e a derrota por nocaute para Rashad Evans no UFC 88. Nesse meio tempo, Jackson perdeu o cinturão para Forrest Griffin, e este teve seu cinto tomado por Evans em sua primeira defesa.


The Iceman foi criticado no passado por ter falhado no desenvolvimento de seus métodos de treinamento, mas reportagens recentes indicam que ele mudou radicalmente seu treino para sua luta contra Maurício “Shogun” Rua, que acontece no UFC 97, no próximo mês.

brasilcombate

Uma entrevista em que GSP diz que trapaciou sim no UFC 94, mais nao como voces pensam...

Entrevista Ricardo Arona


A tarde de ontem foi movimentada na Polícia Federal do Rio de Janeiro. Revendo os amigos Vitor Belfort e Rogério “Minotouro” depois de muito tempo, Ricardo Arona era só felicidade no seminário dado à Polícia Federal do Rio de Janeiro. Após os treinamentos com os oficiais, o casca-grossa conversou com a TATAME sobre vários assuntos, entre eles as próximas lutas de seus ex-rivais Maurício “Shogun” e Wanderlei Silva, além de analisar a decisão de Wanderlei descer de categoria. Confira abaixo a entrevista exclusiva com Arona, que falou sobre seus planos para o MMA, o seminário na PF, o reencontro com Minotouro e Belfort, ADCC e sua relação com a BTT.

Essa é a terceira vez que você vem na Polícia Federal para um seminário. O que você acha de poder ajudar o pessoal da Polícia?
Aqui eu fiz grandes amigos, é a terceira vez que eu venho, é o maior prazer. Faço isso com muito gosto, porque na minha família também tive policiais federais e civis também, é uma coisa que faz parte da minha família, então venho com o maior orgulho ensinar as técnicas e o conhecimento para esse pessoal, que é do operacional. É uma honra vir aqui e enriquecer a parte deles de luta.

Rolou uma reunião interessante aqui com você, Vitor Belfort, Rogério Minotouro... Só faltou o Paulão e o Minotauro. Há quanto tempo já não tinha esse encontro?...
Rapaz, eu fiquei emocionado e tudo. Há um tempão que não via o Vitor, nós três temos uma história... Foi emocionante, muito melhor do que eu imaginava.

Sei que é muito longe da sua casa, mas deu vontade de pegar o carro e ir treinar com o pessoal na Minotauro Team?
Já falei com eles que eu vou lá. Voltei a treinar, machuquei um dedo, aquelas coisinhas que acontecem em treino, mas uma semana ou duas já voltei a me movimentar e vou lá estar junto com os amigos, é o que eu quero.

E o CT dentro de casa? Como está?
Eu tenho a idéia de construir uma academia, um CT pra todo mundo, mas vai demorar um pouco. Antes disso, já montei na minha casa um centro de treinamento para reunir meus amigos, é uma área boa, com ringue de 5m x 5m, bom pra treinar só com os amigos, por enquanto. Tem uma coisa lá, mas está um pouco restrito, por enquanto.

Você ia lutar o ADCC, mas foi adiado para setembro. Como fica os seus planos?
Recebi propostas, como havia dito, do Affliction, Dream e outros eventos, mas acabei de saber que o ADCC foi adiado para setembro e isso mexeu muito com meus planos, não era o que eu queria, de jeito nenhum. Eu não quero esperar até setembro pra lutar, vou renegociar antes disso para ver se luto. Vou estudar a melhor proposta.

Estados Unidos ou Japão?
Cara, na verdade um lutador tem que ir sempre na melhor proposta, mas hoje, numa questão de facilidade, acho melhor para mim tentar a América, os Estados Unidos.

O Ultimate já te procurou?
Não, foi o que eu disse. Não tive nenhuma procura do Ultimate. Tive do Affliction, Dream, mas não tive nenhuma posição do Ultimate.

Está sedento para voltar?
Estou sedento pra voltar, o que é o mais importante. O importante é o cara estar sedento, querendo voltar.

Você continua na BTT?
Como ainda não retornei aos treinos, não tive contato com eles e não conversei sobre nada. Estou planejando minha volta, o que vou fazer em termos de contrato para ver como vou me localizar em termos de treino, porque tenho um espaço meu também, mas ainda não cheguei a nenhuma decisão na BTT.

O Maurício “Shogun” vai enfrentar o Chuck Liddell. Qual é o seu palpite?
No MMA, cada luta é uma surpresa. Como disse um amigo meu, matematicamente acho o Shogun mais completo que o Liddell em termos de chão, movimentação, mas o Chuck Liddell é um cara muito duro, muito experiente. Enfim, não posso dizer quem será o melhor, acho que os dois tem que estar bem preparado, Shogun não pode mais morrer no gás e o Liddell vai precisar soltar um pouco o mais o jogo, porque ele faz sempre o mesmo jogo, que dá certo, mas está muito previsível. Qualquer um pode cair, com certeza.

O Wanderlei resolveu descer de peso depois da derrota para o Quinton Jackson. O que você achou dessa luta?
Costumo dizer que o lutador mais fácil de se vencer é o lutador previsível. Acho que tem lutadores que adotam a mesma tática de luta desde que começaram a lutar, então isso deve ser revisto, deve ser mudado, porque o que o Quinton fez foi melhorar o Boxe, ganhou mais confiança e entrou para lutar com o Wanderlei que ele já conhecia, ele já sabia o que o Wanderlei ia fazer. Na minha opinião, essa derrota veio porque foi previsível para o Quinton Jackson saber quem ele ia enfrentar. Lutadores como Wanderlei e outros, que fazem o mesmo tipo de luta desde o começo do MMA, que mudem suas táticas, que modifiquem um pouco o seu jogo, surpreendam, pois essa é a melhor arma.

Agora ele vai enfrentar o Rich Franklin com menos peso. Você acha que ele vai ficar bem descendo de peso?
Olha, ele tem a favor dele uma vida inteira onde ele lutou mais pesado, teve atletas muito mais fortes contra ele, então acredito que isso seja favorável a ele. Mas ele está pegando uma categoria de muita velocidade, de muito giro e que exige muita condição física. Enfim, ele tem a favor dele estar lutando com pessoas relativamente mais fracas, mais leves, mas também tem toda a agilidade contra ele, então ele tem que treinar muito mais também.
tatame

The MMA News Humor: Rampage, Hendo,Takarov e Quadros Backstage no Pride.

Mais um vídeo da garota do octagon, Arianny Celeste

quarta-feira, 25 de março de 2009

UFC 99 Video da Coletiva de Imprensa

Feras do MMA na Polícia Federal

Arona, Minotouro, Belfort e Pequeno participam de atividade promovida por Bitetti
Um verdadeiro time de campeões esteve presente na Polícia Federal, no Rio de Janeiro, numa super aula de defesa pessoal promovida por Amaury Bitetti e o instrutor da polícia José Baioneta. Feras como Ricardo Arona, Rogério Minotouro, Vitor Belfort, Alexandre Pequeno e Roberto Leitão, entre outros, passaram os conhecimentos aos praticantes de artes marciais da polícia.

“É um prazer estar aqui com vocês e passar o nosso conhecimento”, disse Bitetti aos alunos policiais.

“Acontece com a polícia algo parecido com a luta, porque somos discriminados em algumas áreas e exaltados em outras. Assim como costumam falar das lutas, que gera violência, e não é verdade. Sei que a boa polícia gera eficiência. Tenho certeza que os presentes aqui buscam a excelência, assim como fazemos na luta”, discursou Vitor Belfort.


Belfort orienta durante o encontro na PF / Foto: Carlos Eduardo Ozório

Após os aplausos, deu-se início a uma grande aula, com professores de peso. Bitetti, Arona, Belfort, Minotouro, Pequeno, Leitão e Daniel D´Dane tiraram posições da cartola e ensinaram as técnicas aos alunos, que trataram de praticar.

Ao final, o delegado Lorenzo, da Polícia Federal, prestou uma homenagem às feras das artes marciais, que receberam um diploma e uma placa.

Agradeço à presença de todos esses campeões, que defendem o Brasil pelo mundo, e espero que voltem mais vezes. Precisamos disso, estamos expandindo o nosso dojô. O presidente pediu para que viesse representá-lo aqui para alimentar outras oportunidades de vocês conviverem um pouco mais com a gente. Obrigado pela gratidão, experiência e carinho”, disse Lorenzo, seguido de um grande aplauso.


Rogério Minotouro também marcou presença na atividade / Foto: Carlos Eduardo Ozório.
Veja o Vídeo

graciemag/pdl

O mais excitante lutador do WEC?

Com o cartel de 35-1, Miguel Angel Torres, ou simplesmente Miguel Torres não é conhecido do grande publico do MMA por lutar em uma categoria muito leve ( até 61 kgs). Mas dá show em todas as suas apresentações e mostra o que um verdadeiro lutador de MMA deve ter.
Faixa preta de Carlson Gracie, Miguel hj é o campeão bantanweight do maior evento de leves da atualidade: O Wec. Onde ele é conhecido como o lutador mais excitante. Eu não diria o mais excitante de todos devido a existência de um lutador chamado José Aldo.

Rankings atualizados do MMAWeekly


HEAVYWEIGHT DIVISION (over 205 pounds)

#1 Heavyweight Fighter in the World: Fedor Emelianenko

2. Josh Barnett

3. Frank Mir

4. Andrei Arlovski

5. Antonio Rodrigo Nogueira

6. Randy Couture

7. Tim Sylvia

8. Mirko “Cro Cop” Filipovic

9. Brock Lesnar

10. Fabricio Werdum

<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<
LIGHT HEAVYWEIGHT DIVISION (205-pound limit)

#1 Light Heavyweight Fighter in the World: Rashad Evans...

2. Lyoto Machida

3. Forrest Griffin

4. Quinton Jackson

5. Mauricio "Shogun" Rua

6. Chuck Liddell

7. Antonio Rogerio Nogueira

8. Wanderlei Silva

9. Keith Jardine

10. Thiago Silva

<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<

MIDDLEWEIGHT DIVISION (185-pound limit)

#1 Middleweight Fighter in the World: Anderson Silva

2. Robbie Lawler

3. Yushin Okami

4. Nathan Marquardt

5. Jorge Santiago

6. Dan Henderson

7. Gegard Mousasi

8. Vitor Belfort

9. Kazuo Misaki

10. Yoshihiro Akiyama

<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<

WELTERWEIGHT DIVISION (170-pound limit)

#1 Welterweight Fighter in the World: Georges St. Pierre

2. Jon Fitch

3. Thiago Alves

4. Jake Shields

5. Josh Koscheck

6. Matt Hughes

7. Matt Serra

8. Carlos Condit

9. Nick Thompson

10. Mike Swick

<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<

LIGHTWEIGHT DIVISION (160-pound limit)

#1 Lightweight Fighter in the World: Shinya Aoki

2. B.J. Penn

3. Eddie Alvarez

4. Tatsuya Kawajiri

5. Joachim Hansen

6. Gesias "JZ" Calvancante

7. Kenny Florian

8. Mitsuhiro Ishida

9. Josh Thomson

10. Satoru Kitaoka

<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<

FEATHERWEIGHT DIVISION (145 pound-limit)

#1 Featherweight Fighter in the World: Mike Brown

2. Urijah Faber

3. Hatsu Hioki

4. Wagnney Fabiano

5. "Lion" Takeshi Inoue

6. Akitoshi Tamura

7. Jose Aldo

8. Jeff Curran

9. Raphael Assuncao

10. Nam Phan

<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<

BANTAMWEIGHT DIVISION (135 pounds or less)

#1 Featherweight Fighter in the World: Miguel Torres

2. Brian Bowles

3. Masakatsu Ueda

4. Koetsu Okazaki

5. Takeya Mizugaki

6. Will Ribeiro

7. Manny Tapia

8. Damacio Page

9. Marcos Galvao

10. Joseph Benavidez


mmaweekly

Kendall Grove pode aparecer no UFC 101, Gouveia é um dos oponentes rumorados para Grove



Depois de derrotar Jason Day no UFC 96, o havaiano Kendall Grove parece que fará sua próxima luta no UFC 101 em agosto. O site FiveOuncesofPain soube de uma fonte próxima ao evento que Kendall pode mesmo participar do evento, embora Kendall não tenha assinado nada oficialmente.

O adversário também não foi determinando. Os rumores que têm circulado nos últimos dias é que o brasileiro Wilson Gouveia poderia enfrentar o havaiano. No entanto, uma fonte próxima ao brasileiro disse ao FiveOuncesofPain que o UFC não falou nada sobre uma luta dele contra Kendall.

fiveouncesofpain

UFC confirma Koscheck x Wilson no UFC 98, E Taylor x Sobotta no UFC 99


O UFC confirmou mais duas lutas para os eventos do UFC 98 e UFC 99.

O americano Josh Koscheck enfrentará Chris Wilson no UFC 98 que será realizado no dia 23 de maio. Koscheck foi derrotado por Paulo Thiago no UFC 95, enquanto Wilson foi derrotado por John Howard no UFC 94.

A outra luta que foi confirmada para o UFC 99 que será realizado no dia 13 de junho foi a luta entre o inglês Paul Taylor contra o polonês Peter Sobotta. Taylor fez sua última luta no UFC 89 onde foi derrotado por Chris Lytle. Essa será a primeira luta de Sobotta pelo UFC.



UFC 98 (23 de maio)

MAIN CARD

Rashad Evans vs. Lyoto Machida
Matt Hughes vs. Matt Serra
Dan Miller vs. Yushin Okami
Frank Edgar vs. Sean Sherk
Josh Koscheck vs. Chris Wilson

UNDER CARD

James Irvin vs. Drew McFedries
Kyle Bradley vs. Phillipe Nover
Pat Barry vs. Tim Hague
Houston Alexander vs. Andre Gusmao
Brandon Wolff vs. Yoshiyuki Yoshida
David Kaplan vs. George Roop



UFC 99: THE COMEBACK (13 de junho)

MAIN CARD

Rich Franklin vs. Wanderlei Silva
Marcus Davis vs. Dan Hardy
Ben Saunders vs. Mike Swick
Spencer Fisher vs. Caol Uno

UNDER CARD

Dale Hartt vs. Denis Siver
Denis Stojnic vs. Stefan Struve
John Hathaway vs. Rick Story
Justin Buchholz vs. Terry Etim
Mustapha al Turk vs. Todd Duffee
Paul Taylor vs. Peter Sobotta
Roli Delgado vs. Paul Kelly

Atleta amputado quer competir no MMA

Kyle Maynard quer testar suas habilidades no MMA

Dois anos atrás o fato de Maynard querer lutar MMA causou grande rebuliço sobre 1- Teria Maynard o direito de competir? 2- Certo ou não, seria seguro ou justo para ele?

A luta amadora acontecerá no Auburn fight Night no Auburn Covered Center.

Na sua primeira tentativa para obter a licensa para lutar ele falhou e não conseguiu pela Comissão Atlética da Georgia.

Um vídeo dele em um dos maiores talk shows dos EUA:



terça-feira, 24 de março de 2009

UFC 8 Don Frye (Wrestling) vs. Gary Goodridge (Kuk Soll Won)

Grande final do UFC 8. Esse evento consagrou Don Frye no MMA.
Parte 1
















Clicando nos anúncios do Google você nos ajuda, deixando comentários nos motiva.

Quer divulgar eventos, lutas, lutadores ou notícias de sua região?

universoMMA@gmail.com

UFC 8 Segunda Fase e Super Luta

UFC 8 Don Frye (Wrestling) vs. Adkins (Boxing)
Frye em alta freqüência, devastador.

Parte 1


UFC 8 Jarry Bohlander(Shootfighting) vs.
Gary Goodridge (Kuk Soll Won)

Uma das melhores lutas do evento.

Parte 1












UFC 8 Super Luta Ken Shamrock (Shootfighting) vs. Kimo (Pankration)
Um confronto que fez história no UFC e rendeu revanche.

Parte 1
















Clicando nos anúncios do Google você nos ajuda, deixando comentários nos motiva.

Quer divulgar eventos, lutas, lutadores ou notícias de sua região?

universoMMA@gmail.com

UFC 8 Primeira fase - sem cortes

UFC 8 Don Frye (Wrestling) vs. Thomas Ramirez (Pakua-Chan)
Essa luta conseguiu ser mais rápida do que a do Taktarov no UFC 6.
Percebam os gritos de desespero.
Parte 1



UFC 8 Joe Moreira (Jiu Jitsu/Judo) vs. Paul Varelans
(Freestyle)
Para todos
ele daria continuidade ao legado brasileiro.
Infelizmente ele pegou o
Varlans pela frente.
Parte 1








UFC 8 Jarry Bohlander(Shootfighting) vs. Scott Ferrozzo(Pitfighting)
Bohlander, o cara que inspirou Tito Ortiz a entrar para o MMA,
"vi Bohlander ganhar algumas lutas com facilidade e como eu ganhei dele
com facilidade, vi que poderia me dar bem no UFC" Tito Ortiz
Ferrozzo, esse deu o que falar. Quedas de Dan Severn e pancadas de Abott.
Parte 1






UFC 8 Paul Herrera (American Wrestiling) vs. Gary Goodridge (Kuk Soll Won)
Luta brutal, brutal, brutal.
Sem defesa, sem chance.
Crucifixo matador.
Parte 1










Clicando nos anúncios do Google você nos ajuda, deixando comentários nos motiva.

Quer divulgar eventos, lutas, lutadores ou notícias de sua região?

universoMMA@gmail.com

Entrevista Anderson Silva, Lutador fala de Thales e Treinamento


No dia 18 de abril, os fãs brasileiros acompanharão um dos combates mais aguardados do ano. Nesta data, no Canadá, Anderson Silva defenderá o cinturão de médios do UFC contra o também brasileiro Thales Leites. De quebra, o lutador tenta ampliar o desempenho na organização, que conta oito vitórias. Fazendo a preparação no Rio de Janeiro, Anderson aproveitou para acompanhar as lutas dos companheiros da Killer Bees pelo Jungle Fight, no CT dos Nogueira. No evento, festejou bastante o encontro com o amigo Paulo Filho e, mesmo sem o traje apropriado, não deixou de treinar algumas posições com Paulada na área de aquecimento. Em conversa com o Portal das Lutas, o Spider comenta com humildade sobre Thales, os treinamentos para o desafio e a volta por cima do amigo Paulão. Confira:

Portal das Lutas – O que espera dessa disputa de cinturão, contra um brasileiro?

Anderson Silva - Luta é luta, né? Vou lá tentar fazer um bom combate. Não tenho muito o que falar. É luta dura tanto para mim quanto para ele. Vou tentar fazer o meu trabalho da melhor forma possível e, independentemente do resultado, o mais importante é que o título continua no Brasil.

PDL – O Thales tem como maior qualidade o forte jiu-jitsu. Como está o trabalho para enfrentá-lo?

AS - Estamos treinando bastante. Todo mundo está ajudando, o André Galvão, o Paulão, o Minotouro, o Feijão... Essa galera toda está concentrada e todo mundo está focado nisso, me ajudando nos treinamentos. Tá todo mundo me ajudando muito, não tenho nem o que falar. É uma galera muito técnica, muito boa e está sendo muito importante esse suporte para a luta.

PDL – Você também está fazendo parte do treinamento na XTRIKER. Como segue essa relação de equipe?

AS - Treino aqui na Minotauro Team com o pessoal. Sou Minotauro Team, todo mundo já sabe disso.

PDL – Você e o Paulão estavam conversando bastante e até fizeram algumas posições. O que acha de ver o amigo bem novamente?

AS - Falar do Paulão é difícil, não tenho nem comentários. O Paulão é um samurai, todo mundo sabe disso. Acho que é o melhor lutador peso por peso e já provou isso para todo mundo. Ele já ganhou de caras aí que eram imbatíveis e só tenho a agradecer a ele por tudo que tem feito por mim.

PDL – Parece que a sonhada luta contra o boxeador Roy Jones, que marcaria sua aposentadoria, pode realmente acontecer. É verdade?

AS - Depois que acabar meu contrato com o Ultimate e encerrar a minha carreira de vale-tudo, pretendo fazer a minha luta de boxe contra o Roy Jones. Isso é uma coisa que já está acertada, já está tudo certo e praticamente encaminhado. Agora vamos só esperar para ver no que vai dar.


FONTE :GM

SERGIPE FIGHT 4, Um dos maiores eventos de lutas do nordeste

Dia 20 de Março no Ginásio Constâncio Vieira em Arcaju, o maior evento de lutas profissionais do estado de Sergipe e um dos maiores do nordeste. Submission, Muay Thai e MMA

Wanderlei Silva treinando forte para encarar Rich Franklin V

MMA Notícias Humor: Mark Coleman e Wanderlei Silva

segunda-feira, 23 de março de 2009

Tito Ortiz fala sobre sua próxima luta

Dana White estuda UFC no Brasil


No início deste ano, os pais que foram a algumas papelarias do Brasil encontraram cadernos, agendas e fichários com uma novidade: capas com a marca e lutadores do UFC, como Anderson Silva, Wanderlei Silva, Rodrigo Minotauro e Brock Lesnar. Essa é a primeira das ações de marketing oficiais da empresa para o mercado brasileiro, que deve culminar com a realização de um evento no país no próximo ano. O presidente do UFC, Dana White, falou com exclusividade com a reportagem do UOL Esporte e mostrou toda a sua empolgação com essa nova oportunidade que está tendo para colocar sua marca no Brasil. “Nós recebemos toneladas de e-mails. As pessoas nos falam que querem assistir a um evento ao vivo aí. Sabemos também que as audiências no Brasil são sempre altas”, afirmou o cartola.
White explicou que esses produtos de papelaria são apenas o início dos projetos do UFC para aumentar o interesse pelo evento. “Nós já estamos com alguns planos em andamento no Brasil, inclusive. Mas é certo que um evento ao vivo no país geraria grande visibilidade para a marca. O país tem alguns dos melhores lutadores do mundo. Vamos continuar fazendo a marca e o esporte crescerem no país. Estamos sempre procurando boas oportunidades para conseguir realizar isso”.
Mesmo empolgado com os brasileiros, Dana White preferiu não revelar datas de um possível UFC no Brasil, mas segundo apurou o UOL Esporte, ele deve ser realizado em 2010. “Nós estamos tornando o UFC um evento global e adoraríamos levá-lo para o Brasil. Estamos apenas estudando as questões econômicas para isso.”
Essa seria a segunda vez que um evento da marca seria realizado no país. O primeiro foi disputado em 1998, no ginásio de Portuguesa. “Esse UFC aconteceu antes de comprarmos a companhia e foi algo totalmente diferente do show que fazemos agora. Os fãs do Brasil que viram aquele evento podem esperar algo completamente inovador. Vai ser o evento ao vivo mais excitante que eles já viram”, completou Dana.
Respeito aos criadores do vale-tudo
Desde que assumiu o comando do UFC, Dana White sempre pregou respeito aos lutadores brasileiros, tanto os da ativa quanto os que já fizeram história no torneio. Para ele, o país é um dos maiores celeiros de talentos do esporte, principalmente por ter sido aqui que o antigo vale-tudo e o novo MMA surgiu.
“O Brasil é importante porque o esporte começou aí com a Família Gracie. Nós temos lutadores de São Paulo, Rio de Janeiro, Belém, Curitiba e várias outras partes do país. É bom ver que tantos talentos continuam surgindo em todos os cantos Brasil.”
Para o cartola, sua empolgação com o mercado brasileiro se deve principalmente pelo fato de o país sempre ter tido grandes lutadores no UFC. “Eu acho que o Brasil tem um potencial enorme. Alguns dos melhores lutadores do mundo vêm daí. O melhor ‘pound for pound’ do mundo é brasileiro [o médio Anderson Silva]“, finalizou. bsb

Frank Shamrock: “Ken ainda luta porque está à beira da bancarrota”

Em entrevista ao programa “MMA Nation” na WJFK 106,7 FM nos EUA, Frank Shamrock disse ao jornalista Luke Thomas, que seu irmão Ken Shamrock “há muito tempo deveria ter parado de lutar profissionalmente”. Frank revelou que Ken Shamrock só estaria aceitando participar atualmente de eventos de MMA “porque estaria financeiramente quebrado, à beira da bancarrota”. Perguntado sobre a fonte dessas informações, Frank foi categórico: “Ele é meu irmão e conheço toda a história de sua vida. Sei que há muito ele já gostaria de estar aposentado, mas isso provavelmente tiraria dele sua maior fonte de renda, e Ken não tem como abrir mão dela infelizmente”.bsb

UFC 101 e UFC 102 no mês de agosto, Couture vs. Minota deverá rolar no UFC 102


Conforme relatado anteriormente, o UFC realizará o UFC 101 na Filadélfia no dia 08 de agosto. O evento seria realizado em Portland, mas foi mudado para Filadélfia. Mas o UFC 102 que vai rolar no dia 29 de agosto será em Portland e a luta de Randy Couture contra Rodrigo Minotauro que antes era relatada para rolar no UFC 101, deverá ser a luta principal do UFC 102. O UFC está trabalhando para que o evento principal do UFC 101 seja a luta entre BJ Penn contra Kenny Florian, embora nada seja oficial no momento.

A luta entre Forrest Griffin contra Thiago Silva foi inicialmente relatada a ser realizada no UFC 101, no entanto devido ás recentes revelações que haverá dois eventos em agosto, e a relação entre Forrest e Couture, não é claro ainda em qual evento a luta será realizada.

O UFC 101 atualmente será realizado no dia 08 de agosto na Filadélfia, Pensilvânia, no Wachovia Center, e as prováveis lutas para esse evento são: BJ Penn vs. Kenny Florian e Melvin Guillard vs. Thiago Tavares. E o UFC 102 será realizado no dia 29 de agosto em Portland, Oregon e até agora só tem a luta de Couture contra Minotauro como provável luta a ser realizada no evento.

"Anderson é o Tererê do MMA", Galvão compara mestre ao ídolo do UFC


É sexta-feira no Rio, e com o mesmo empenho demonstrado nos treinos de pano, André Galvão parte para cima do sparring em seu treino de MMA. Dureza. O paulista é o atual campeão absoluto pan-americano, o campeão mundial entre os meio-pesados de Jiu-Jitsu e, ainda, atual dono do bronze mundial absoluto, mas seu parceiro de treinos parece brincar com ele no ringue, enquanto Galvão solta seus chutes e socos para botar para baixo. Pudera. Trata-se do amigo Anderson Silva, campeão até 84kg do UFC desde 2006, todo paramentado com capacete e colete de proteção.

Os dois têm luta marcada em abril: Anderson, contra Thales Leites pelo cinturão dos médios, em Montreal, Canadá, no dia 18; Já André vem forte para a disputa do cinto até 77kg do Dream japonês. Suado e sorridente como de praxe, André Galvão aproveita o intervalo para se hidratar e conversar com a equipe de GRACIEMAG presente.

"Meu, aprender com o Anderson no ringue é bom demais. Ele é cheio de atalho, consegue executar uns movimentos altamente criativos e que só ele tenta, e que dão certo. É o Tererê do vale-tudo. Além de muita técnica e um estilo próprio, os dois têm em comum a malandragem e muito bom humor", diz Galvão, que se mudou com a família para o Rio, para aproveitar os treinos com o novo professor. "Estou me sentindo como um faixa-branca, aprendendo todo dia uma coisa nova. Estou na melhor fase da minha vida, morando num lugar maneiro e com qualidade de vida, e ainda perto da academia", encerrou, feliz.
graciemag

Belfort e Lyoto treinam juntos em Belém


Totalmente concentrado no principal desafio de sua vida - sua luta pelo cinturão meio-pesado do UFC, no dia 23 de maio - o brasileiro Lyoto Machida recebeu uma visita inesperada neste último domingo, em sua academia de treinamentos em Belém: Vitor Belfort, ex-campeão do UFC e do Cage Rage, que hoje brilha no Affliction, esteve de passagem na cidade. “Tenho alguns projetos em Belém e bons amigos também, como o Lyoto. Aproveitei para treinarmos juntos e tentei ajudá-lo de alguma forma. Foram dois dias de treinamento intenso e espero que tenha sido proveitoso para ele”, disse Belfort.


Pela satisfação do amigo, Vitor não precisa ter dúvidas. Sua presença e dicas de mais de dez anos de experiência no MMA mundial deixaram Lyoto impressionado e agradecido. “As observações dele são impressionantes. Detalhes quase imperceptíveis que podem decidir a luta. Foi ótimo ele ter vindo. Vou procurar colocar em prática tudo que ele me passou”, garantiu Machida. Vitor e Lyoto devem voltar a se encontrar no início do próximo mês, para a última semana de treinamentos antes da viagem de Machida para os Estados Unidos.

MMA: The Upsets

Top 5 Pound For Pound Fighters Video.

Full episode of Inside MMA 312

Inside MMA 312 Vídeo: Sobral, Jon Jones Assunção.

domingo, 22 de março de 2009

Ninja "Shogun dará um Show"


Murilo "Ninja" Rua estará regressando as lutas contra um adversário em japonês ou coreano, pelo DREAM.

"Eu volto a lutar em 5 abril no Japão e estou fazendo o meu preparativos finais aqui. Eu estou indo para Curitiba no sábado e eu vou estar de volta a preparação segunda-feira".

"Estamos em São Paulo, meu irmão e eu estamos intensificando os treinos com o Jiu-Jitsu e boxe. Estivemos aqui por quatro semanas. "

A luta vai ser sua primeira desde que ele perdeu por TKO para Benji Radach no EliteXC despedida do evento em outubro do ano passado, a luta acontecerá em pouco menos de duas semanas antes de seu irmão Shogun entrar dentro do Octagon para enfrentar o ex-campeão de peso-pesado luz Chuck Liddell.

Ninja disse, "estamos sabendo que Danillo Villefort vem empregando um regime talibã, um ambiente austero, para enfrentar meu irmão, porém a preparação de Shogun está muito boa, trabalhando arduamente para entrar na ponta dos cascos, estamos fazendo Jiu-Jitsu com Demian Maia e o Cunha está trabalhando conosco sobre Muay Thai ... estou certo meu irmão está indo para vencer essa luta, ele é muito talentoso e em grande forma, nínguém o detém.

"Ele vai receber conseguir o título em breve, você verá. Ele está muito rápido, a formação que está tendo aqui em São Paulo com certeza vai ser para dar show, disse Ninja."

Card do Affliction III inclui Fedor e Barnett



Segundo o site Sherdog, informações divulgadas no “Carmichael Dave Show”, na Rádio CBS demonstram que o Affliction III está à um passo de confirmar oficialmente seu evento para o próximo dia 11 de julho, no mesmo horário do UFC 100. Já está acertado com a Rede TBA, a transmissão ao vivo e gratuita de todas as lutas do card, que já tem acertada a participação do pesado Josh Barnett, e a presença do campeão da WAMMA Fedor Emilianenko, embora ambos não devam se enfrentar nesta ocasião.
Crescem as especulações sobre quem será o adversário de Fedor, mas Tom Atencio garantiu que o público “não irá se decepcionar”.
bsb
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...