sábado, 31 de janeiro de 2009

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

UFC 94 Pesagem oficial

(muito marrenta essa foto. Náo tinha como não colocar.)
Já que não podemos ir até Las Vegas podermos aqui, exclusivamente, acompanhar a pesagem oficial do UFC 94 às 19h.
Não perca o começo deste evento que esperamos que nos traga muitas surpresas.
Para assistir ao vídeo você precisa do Silverlight da Microsoft. Clique aqui para instalá-lo.
Se você utiliza o Firefox aparecerá a opção de utilizar o bate-papo. Estamos com problemas tecnicos e não estamos conseguindo fazer com que se possa utilizá-la ao mesmo tempo que assiste-se ao video. Assim que conseguirmos resolveremos o problema.

Você pode conferir conosco AO VIVO a pesagem do UFC 94. Se você perdeu aqui vai uma amostrinha, mas ve se da proxima vez fica esperto hein! (hehehe)


Esses foram os resultados das pesagens:
BJ Penn (168/
76.2 kg) VS Georges St-Pierre (170/77.1kg)

Thiago Silva (206
/93.5kg) VS Lyoto Machida (206/93.5kg)
Dong Hyun Kim (171/
77.5kg) VS Karo Parisyan (170/77.1 kg)
Clay Guida (156/
70.7kg) VS Nate Diaz (156/70.7kg)
Jon Jones (206/
93.5kg) VS Stephan Bonnar (206/93.5kg)

Akihiro Gono (171/
77.5kg) VS Jon Fitch (171)/77.5kg
Thiago Tavares (155/
70kg) VS Manvel Gamburyan (155/70kg)
John Howard (171/
77.5kg) VS Chris Wilson (170/77kg)
Christian Wellisch (206/
93.4kg) VS Jake O’Brien (205/93kg)
Dan Cramer (171/
77.5kg) VS Matt Arroyo (171/77.5kg)

MMA TV

Watch live video from MMA Arena on Justin.tv
Confira os eventos de MMA na TV MMA. Clique e assista!

O enterro de Gracie

Por Marselo Alonso
Sem homenagens, sem lágrimas, sem discursos. O último pedido de Hélio Gracie foi respeitado por seus filhos e esposa, em seu enterro na tarde de ontem no cemitério de Petrópolis, menos de 10 horas depois de o grande mestre ser declarado morto pelos médicos do Hospital em que estava internado. “Ele estava doente nos últimos dez dias. Pegou uma pneumonia e mesmo sendo tão saudável, tinha 95 anos e acabou não resistindo”, disse Royler Gracie, dos Estados Unidos.

Infelizmente, Royler e Rorion (nos Estados Unidos), Rickson e Robin (na Europa) não tiveram tempo de chegar ao Brasil e participar do funeral do pai, como queriam. Assim como milhares de fãs de Jiu-Jitsu e MMA esperavam para fazer uma última homenagem a Hélio Gracie caso ele fosse enterrado na sexta (hoje), no Rio de Janeiro, mas o último desejo do líder da dinastia Gracie foi respeitado por sua mulher. A pedido do mestre o funeral aconteceu com uma cerimônia simples, assistida, no máximo, por 70 parentes, amigos próximos e alunos da Academia Gracie. Liderados por seus filhos Royce e Rolker Gracie o grupo seguiu o cortejo entre a capela e o túmulo por cerca de 1km. Entre os poucos amigos e professores que tiveram tempo de chegar em Petrópolis a tempo estavam Pedro Valente, José Moraes, Sérgio Szveiter, Robson Gracie, Roberto Correa, Natal (o mais antigo aluno presente), Mario Aielo e Fernando Vasconcelos.

Enquanto o caixão descia, Royce pediu uma salva de palmas para seu pai e colocou uma faixa-preta em cima do caixão. Após o funeral, Royce explicou que sua mãe ligara na última segunda-feira (26) dizendo que Hélio estava muito fraco, no hospital. “Ela pensou que ele não duraria muito e me disse para vir ao Rio. Eu imediatamente comprei as passagens e vim. Ele estava me esperando chegar. Assim que eu cheguei nesta manhã, ele morreu”, comentou o faixa-preta, que começou a fazer a história rodar o mundo após 12 impressionantes vitórias nas primeiras edições do UFC.

Logo após o funeral, Royce, Rolker e Dona Vera, esposa de Hélio, foram para Itaipava, descansar no sítio onde Hélio morava. Entre as pessoas que estavam no funeral, havia muitos estudantes da Academia Gracie, que viviam dos ensinamentos de Hélio. “Se hoje eu vivo do Jiu-Jitsu nos Estados Unidos é porque aprendi com os Gracies. Graças a este homem, existem milhares de professores ao redor do mundo ensinando Jiu-Jitsu e outros milhares de lutadores vivendo do MMA. Sem Hélio Gracie, Rorion não conseguiria levar o Vale-Tudo para os EUA e o mundo do MMA não existiria, dando emprego a muitos lutadores, promotores e empresários, e diversão a milhões de fãs ao redor do mundo”, disse Mário Aielo, representando seu mestre, Rickson Gracie, no funeral.

A morte de Hélio Gracie foi motivo de reportagem em todos os jornais e telejornais ao redor do país. Nem mesmo com o Jiu-Jitsu e MMA ainda não tendo o respeito que merecem por parte imprensa brasileira, o nome Hélio Gracie está acima do esporte que criou. Hélio morreu aos 95 anos reconhecido por todos como uma lenda vida, um guerreiro que, ao lado de seu irmão Carlos, criou um estilo de arte marcial dando origem a maior dinastia de lutadores de todos os tempos. Mas, para os fãs da luta no Brasil, Hélio é muito mais que isso. Por tudo que fez, não é exagero dizer que, junto com seu irmão Carlos, Hélio é um dos mais importante personagens da História das Artes Marciais e um dos maiores ícones esportivos que o Brasil já produziu.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Maior nome do jiu-jítsu, Helio Gracie


Maior nome do jiu-jítsu, Helio Gracie morre em Itaipava, no Rio, aos 95 anos

Lenda das artes marciais, patriarca da família Gracie criou o estilo que se espalhou por todo o planeta. Enterro será às 17h, em Petrópolis



Morreu nesta quinta-feira, aos 95 anos, em Itaipava, região serrana do Rio de Janeiro, o ex-lutador Helio Gracie. Uma das maiores lendas das artes marciais em todos os tempos, Helio Gracie ajudou a criar o estilo brasileiro de lutar jiu-jítsu, conhecido internacionalmente como Brazilian Jiu-Jitsu (Jiu-Jítsu Brasileiro). Segundo o hospital, Helio apresentou um quadro de pneumonia, e os exames descobriram uma leucemia. O enterro será às 17h desta quinta, no Cemitério Municipal de Petrópolis.



A última aparição púbica de Helio Gracie aconteceu em dezembro de 2008, quando participou da cerimônia de entrega de faixas dos atletas da academia Gracie Humaitá, no Rio de Janeiro. Helio Gracie deixa esposa, Vera, e os filhos Rorion, Relson, Rickson, Rolker, Royler, Royce, Rherica, Robin e Ricci.

Nascido em Belém, no Pará, em 1º de outubro de 1913, Helio gravou seu nome no mundo das artes marciais ao desenvolver um estilo próprio de lutar jiu-jítsu, utilizando alavancas e desenvolvendo uma dieta especial para lutadores. Ao longo de mais de 80 anos de prática esportiva, enfrentou diversos oponentes de renome, e invariavelmente maiores que ele, para provar que sua técnica estaria acima da força bruta.

Aos 16 anos, com a saúde debilitada e com físico pouco avantajado (pesava cerca de 62kg), Helio foi impedido de treinar com seus irmãos. Mesmo assim, passou a assistir às aulas de Carlos, seu irmão mais velho, todos os dias, criando um estilo próprio de lutar, adaptando os princípios básicos do jiu-jítsu para que qualquer pessoa pudesse praticá-lo.

Uma de suas lutas mais famosas aconteceu no Maracanãzinho, em 1955, contra o japonês Masahiko Kimura, um dos maiores nomes das artes marciais daquele país em todos os tempos. O combate durou 3h45m e foi gravado em vídeo, sendo a luta mais longa já registrada. Mesmo tendo perdido a luta por uma chave de braço, Gracie, que pesava 63 kg contra os 100kg do japonês, revelou que chegou a ficar inconsciente durante o combate, mas recuperou-se e continou lutando até ter seu braço quebrado pelo oponente, o que forçou o seu córner a jogar a toalha, encerrando a disputa.

Combates contra seu ex-aluno, Valdemar Santana (que durou quase quatro horas), e contra o judoca Kano, do Japão (duas vezes - uma no Maracanãzinho e outra no Ibirapuera, em São Paulo), e desafios aos então campeões mundiais de boxe Primo Carnera, Ezzard Charles e Joe Louis (todos recusados) fizeram a fama de Helio no mundo e o transformaram um um ícone no Brasil.

Segundo o site da revista "Gracie Magazine", Helio Gracie não queria que os filhos lamentassem sua morte. Na comemoração pelos seus 95 anos, em 2008, Helio teria declarado que, quando morresse, gostaria que os filhos fizessem uma festa, sem bebidas ou excessos.

http://globoesporte.globo.com/Esportes/Noticias/Lutas/0,,MUL977597-16314,00-MORRE+EM+ITAIPAVA+REGIAO+SERRANA+DO+RIO+DE+JANEIRO+AOS+ANOS+HELIO+GRACIE.html

Press Conference do UFC 94

Aos cariocas e fãs de MMA



Por Guilherme Cruz

O mercado do MMA está em ebulição no Rio de Janeiro. Com grandes shows acontecendo com freqüência na Cidade Maravilhosa, os fãs cariocas poderão apreciar mais um evento de luta no começo de 2009. Agendado para o primeiro dia de fevereiro, o Best Fighter MMA, organizado por Anderson Peixinho, Bruno Fernandes e Raphael Fom já tem local definido para o show. Com shows do MC Menor do Chapa, os ingressos já estão a venda com preços iniciais a 20 reais, para arquibancada, 25 para as cadeiras e 150 a mesa, que tem lugar para quatro pessoas e terá buffet completo.

No centro de treinamentos do Vasco da Gama (Vasco Barra), na Barra da Tijuca, o Best Fighters terá um octagon, que será palco para sete lutas profissionais de MMA, com atletas como Johnny Eduardo, André Chatuba, Pablo Rex e Paulo Boiko, um dos organizadores, e dois combates de Muay Thai. Confira abaixo algumas lutas que agitarão o CT do Vasco.

CARD COMPLETO (sujeito a modificações):

Best Fighter MMA

CT do Vasco da Gama, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro

Domingo, 1º de janeiro de 2009

Muay Thai:

- Washington Luiz (BTP Combat) enfrentará Paulo Sérgio (Tropa Thai);

MMA:

- Carlos Betinho (JT Caverna) enfrentará Pablo Rex (Minotauro Team);

- Bruno Machado (JT Caverna) enfrentará Pimpolho (Nova União);

- André Chatuba (Relma/Minotauro Team) enfrentará Gustavo Rosa (Equipe Pitbull);

- Danilo Moto Serra (Gracie Fusion) enfrentará Daniel Gelo (BTP Combat);

- Johnny Eduardo (Boxe Thai) enfrentará Leonardo Rayan (Of Brothers);

- Paulo Boiko (GFT) enfrentará Pedro Paulo (JT Caverna).

Mais um brazuca no UFC


Dia 23 de Maio rolará mais um emocionante UFC para os brasileiros. Estará no ring, o praticamente novato de UFC, André Gusmão. Ele que teve apenas uma luta no UFC 87 em Agosto do ano passado e que já estreiou com derrota irá enfrentar Houston Alexander que também não está se dando muito bem no UFC. Suas últimas 3 lutas lhe renderam amargas derrotas para ele.
Vale a pena vc conferir esse rápido knock out e outras lutas que temos em nosso site:

Apesar de Alexander carregar essa derrota ele tem mais experiência de UFC do que Gusmão. Agora só nos resta ver o que vai acontecer!!!

UFC 94 Primetime

Saiba tudo que está por traz da revanche mais esperada da historia do UFC. Bastidores e preparações, UFC 94 Primetime. (As partes são independentes)

TORRENT

Parte1

Parte 2


Clicando nos anúncios do Google você ajuda a mantermos o blog.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Joe Stevenson Vs Jens Pulver

Dan Henderson Vs Antonio Rogerio Nogueira

Alistair Overeem vs Mauricio "Shogun" Rua

Mauricio Rua Vs Antonio Rogerio Nogueira



Rogerio Minotouro vs Vladimir Matyushenko MMA

Lutadores do UFC 94: Thiago Silva

Thiago Silva... consagrado lutador brasileiro. Reserva para sí uma marca de 13 vitórias, nenhum empate e nenhuma derrota. Seu ranking nos estilos de artes marciais é BJJ Black Belt. Sua téquina favorita é a guilhotina e na hora de bater: socar a cara.
Este grande lutador estará no UFC 94 no dia 31 lutando contra Lyoto Machida que também possui o mesmo recorde. Quem será que vencerá esse grande duelo em uma noite que com certeza marcará negativamente o recorde de um dos dois.
Confira abaixo mais informações sobre ele, clique nas imagens para ampliar:



- Thoughts on opponent, Lyoto Machida?
- Machida always looks for opportunities to play with his opponent’s mind, but I don’t think he has the tools to do that to me.

- When and why did you start training for fighting?
-I started training with Macaco and I decided to do MMA to get a better future.

- Accomplishments in amateur competition?
-I won State and Brazilian BJJ Tournaments

-Accomplishments in pro competition?
-I am the current champion of the Fury fight GP.

-Do you have any heroes?
-Wanderlei Silva

- What does it mean for you to fight in the UFC?
-It is the dream of my life to fight in UFC and to get a chance to fight for the belt.

- Did you go to college and if so what degree did you earn?
- No

-What was your job before you started fighting?
-Teaching Brazilian Jiu-Jitsu

Lutadores do UFC 94: Lyoto Machida

Ele que vai enfrentar Thiago Silva que além de ser conterrâneo também possui 13 vitórias e nenhuma derrota.
Uma luta que ninguém pode perder... inclusive os brazucas de plantão!
Confira as características deste incível lutar com perícias em Karate e que não quer, de jeito algum, ganhar uma derrota em seus recordes (clique nas imagens para ampliá-las):



-Thoughts on opponent, Thiago Silva?
-Thiago is tough and has no losses; he looks like a well rounded fighter.

-When and why did you start training for fighting?
-I started training Karate at the age of 3. I started training to fight MMA at the age of 17. I always wanted to fight MMA professionally.

-What ranks and titles have you held?
-Karate: Brazilian Champion twice, and 2nd in South American Championship. MMA: I’ve never held any titles in MMA, but I hope to someday. Black Belt in Shotokan karate and Brazilian Jiu-Jitsu

-Do you have any heroes?
-My Father

-What is your favorite technique?
-That will be revealed on January 31st

-What does it mean for you to fight in the UFC?
-I want to get to the top of the UFC. My Dad always taught me to strive to be the best, and that’s what I plan to do in the UFC. It’s a great honor to fight in this event.

-Did you go to college and if so what degree did you earn?
-None

-What was your job before you started fighting?
-I taught and competed in Karate

WEC 38 José Aldo vs. Rolando Perez


Mais uma grande luta de um brasileiro. José Aldo, o homem do pulo, inventou outra comemoração, já que seu famoso pulo está proibido. Foi literalmente para a galera. Confira essa grande luta.

Parte 1


Clicando nos anúncios do Google você ajuda a mantermos o blog.

WEC 38 Urijah Faber vs. Jens Pulver


Uma luta com muita história. Faber, um dos melhores do mundo no MMA contra um desafiante duríssimo, Pulver.

O último encontro dessas feras foi no WEC 34 e você confere aqui mesmo no Universo MMA.

Parte 1


Clicando nos anúncios do Google você ajuda a mantermos o blog.

WEC 38 Scott Jorgensen vs. Frank Gomez


Ótima luta, confira a guilhotina malvada que encerrou a luta. A melhor finalização do evento.

Parte 1


Clicando nos anúncios do Google você ajuda a mantermos o blog.

WEC 38 Jamie Varner vs. Donald Cerrone


Luta disputadíssima valendo o cinturão da categoria! Confira a mão quebrada no segundo round, e a empolgação dos lutadores! A Luta termina com uma joelhada ilegal.

Parte 1

Parte 2

Parte 3


Clicando nos anúncios do Google você ajuda a mantermos o blog.

WEC 38 Danillo Villefort vs. Mike Campbell


Para deixar você atualizado com o que de melhor acontece no mundo do MMA, o Universo MMA traz para você o último evento do WEC aconteceu no último final de semana.

Confira essas lutas fantásticas.

Brasileiro lutando e tirando onda em uma das lutas mais agitadas do evento.

Parte 1


Clicando nos anúncios do Google você ajuda a mantermos o blog.

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Entrevista com o Vitor Belfort

Por Guilherme Cruz

Com apenas três socos em 37 segundos, Vitor Belfort nocauteou Matt Lindland e festejou sua segunda vitória no Affliction, que aconteceu no último sábado (24) na Califórnia, Estados Unidos. Ainda nos Estados Unidos, o casca-grossa conversou com a TATAME sobre seu futuro no evento e revelou: seus planos, agora, também envolvem o Boxe profissional.“Foi perfeito. Treinei muito duro, estava tão focado que não passava nada na minha cabeça. Agora vou começar a lutar Boxe profissional. Terei uma reunião com o Oscar de La Hoya e vamos ver isso. Não tem mistério”, contou Vitor, que ainda comentou a vitória sobre Matt, festejou as vitórias de Renato “Babalu” e Rogério “Minotouro”, o sonho de lutar contra Fedor Emelianenko e muito mais.

Como está a festa por mais uma vitória no Affliction?

É cara, comemoramos muito, só de estar vivo é uma festa. Cada dia é uma vitória, cada dia em que faço alguma coisa é um motivo para comemorar, e isso me ajuda bastante a encarar a vida.

O que você achou da vitória contra o Matt Lindland? Você ficou surpreso por ter sido tão rápido?

Foi perfeito. Treinei muito duro, estava tão focado que não passava nada na minha cabeça. A forma que a vitória viria a gente só saberia na hora, mas o melhor jeito de mostrar isso era com meus punhos, habilidade. Isso não me surpreendeu, esperava por isso.

Infelizmente, o Matt ficou um tempo desacordado no ringue e deixou a todos preocupados. Você falou com ele depois da luta?

Ficamos preocupados. Ontem liguei para o Dan Henderson e ele já está bem, fez exames na cabeça e está tudo jóia. Agora estou aqui com a minha esposa e filha aqui... Ela está mamando aqui e mandando beijos pra todas as crianças (risos). Agora vou curtir umas férias no Havaí, essa semana temos bastantes reuniões aqui, vou trabalhar um pouco e depois curtir com a família.

O que você espera para você no Affliction?

Eu estava pensando ontem... Tenho vontade de fazer uma luta contra o Fedor (Emelianenko), já que minha categoria não tem ninguém no Affliction ainda. Acho que seria bastante interessante, assim como o Matt (Lindland) lutou com ele. Nunca o achei imbatível, mas ele é muito estrategista e o caminho para ganhar dele é trocar em cima e depois ir para o chão. O (Andrei) Arlovski perdeu essa luta de bobeira. Um cara com uma boa pegada e mãos boas ganha do Fedor. Ele não gosta de tomar soco e mostrou isso contra o Mark Hunt, e agora ele ganhou na sorte. O Arlovski deixou a luta correr pra privada.

Você chegou a falar com o Tom Atencio (vice-presidente do Affliction) sobre essa luta contra o Fedor?

Não falei, pensei nisso ontem. Não precisa ser pelo cinturão, pode ser uma luta normal, pelo desafio, gosto disso... Apesar de ter que perder 10kg pra categoria (médio), vejo que estou muito forte e técnico, acho que seria um desafio lutar com o Fedor, uma oportunidade, já que estamos no mesmo evento. Sou um cara veloz. Apesar dele ter uma mão dura, treino com caras pesados e não seria uma surpresa. Ele é um grande lutador, mas existem caminhos para ganhar dele e tenho convicção disso.

O que você achou das vitórias de Rogério Minotouro e Renato Babalu?

Achei maravilhosa. Estava lá em cima vendo a luta do Rogério e fiquei muito feliz, torci muito por ele. Ele é um grande amigo e, quando ele, Rodrigo (Minotauro), Anderson (Silva) e Paulão (Filho) lutam eu fito muito tenso, porque treinamos juntos e nos gostamos bastante. Sabemos o sacrifício que é a vida de lutador e me emocionei bastante. A luta do Babalu foi uma antes da minha e, quando vi, ele estava encaixando e botando pra baixo, vi que já estava ganho. O Babalu é muito bom, completo.

Você pensa em subir para lutar entre os meio-pesados enquanto o Affliction não tiver mais nomes da sua categoria?

Parece que o Tito Ortiz está entrando também, é uma luta que também quero fazer... Tem muitas opções, mas estou feliz nesse peso também. Vamos ver, é uma questão para meu manager, o Fabiano, e os promoters... Agora vou começar a lutar Boxe profissional. Terei uma reunião com o Oscar de La Hoya e vamos ver isso. Não tem mistério. Ganhei do Matt Lindland, um top da categoria, e vou esperar as oportunidades aparecerem.

Filho de Randy Couture luta em fevereiro


Filho de um dos maiores lutadores da história do UFC, Ryan Couture fará sua segunda luta de MMA no evento amador Tuff-N-UFF, no dia 15 de fevereiro, em Las Vegas. Treinando com o pai, Randy Couture, Ryan estreou com vitória em novembro de 2008, quando finalizou seu adversário com um triângulo. Desta vez, Ryan enfrentará Arthur Martinez, que derrotou um atleta da Xtreme Couture no dia 9 de janeiro, no mesmo evento. Assista abaixo um vídeo da estréia de Ryan no MMA.
Por Guilherme Cruz

UFC 94 -Primetime Lyoto Machida x Thiago Silva

Lyoto fala sobre sua luta contra Thiago Silva UFC 94

Vitor Belfort após a luta

Pedido - UFC 79 St. Pierre Vs. Hughes

Pierre enfrenta o lendário Hughes que tenta pegar o cinturão que já foi seu e que perdeu para o próprio Pierre. Essa é para quem gosta de submissão.

Parte 1

Parte 2

Clicando nos anúncios do Google você ajuda a mantermos o blog.

Affliction 2 Paul Buentello vs. Kiril Sidelnikov


Kiril Sidelnikov é chamado de Baby Fedor. Mais uma grande luta para vocês. Paul, que já disputou o cinturão do UFC contra Andrei, também é um forte candidato a enfrentar Fedor.

Parte 1
Parte 2



Clicando nos anúncios do Google você ajuda a mantermos o blog.

Affliction 2 Dan Lauzon vs. Bobby Green


Luta fantástica entre dois jovens lutadores, muito rápidos e agressivos. Confira os três chutes ilegais nas partes baixas e uma inesperada virada. Vale a pena assistir.

Parte 1 Parte 2


Clicando nos anúncios do Google você ajuda a mantermos o blog.

Affliction 2 Josh Barnett vs. Gilbert Yvel


Luta duríssima. Após derrotar Pedro Rizzo Josh Barnett encarou essa pedreira. Provavelmente Barnett, que está entre os 10 melhores do mundo em sua categoria, será o próximo a encarar Fedor.


Parte 1
Parte 2


Clicando nos anúncios do Google você ajuda a mantermos o blog.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Affliction 2 Renato Sobral vs. Thierry Sokoudjou


Um mestre do Jiu Jitsu em ação. Renato sobral deu um show e fez o assassino da África bater.

Parte 1 Parte 2


Clicando nos anúncios do Google você ajuda a mantermos o blog.

Affliction 2 Vitor Belfort vs. Matt Lindland


Definitivamente o Fenômeno voltou. Vitor está mais rápido, mais forte e mais experiente. Agora ele luta na categoria dos médios. O comentarista Tito Ortiz ficou tão empolgado com a volta de Vitor que já cogitou um confronto maravilhoso entre Vitor e Anderson Silva. Confira a performance do Fenômeno. Mais adiante no evento infomaram que Matt Lindland passava bem e que não tinha quebrado o pescoço, mas foi para o hospital.

Parte 1

Clicando nos anúncios do Google você ajuda a mantermos o blog.

Affliction 2 Fedor Emelianenko vs. Andrei Arlovski

Uma luta fantástica. Fedor é considerado o melhor lutador peso por peso do mundo, há alguns que acham que esse posto é de Anderson Silva que luta no UFC. Para alguns comentaristas o único peso pesado capaz de derrotar Fedor é mesmo Andrei.
De brinde nesse arquivo você tem também a luta de Fedor vs. Tim Sylvia.

Lutas com qualidade é aqui no Universo MMA.

Parte 1


Ajude-nos clicando nos anúncios do Google, assim você ajuda a mantermos o blog.

UFC 94

Vídeo onde BJ Penn ameaça GSP de morte, esse evento vai ser muito bom e você conferirá aqui.
video

Notícias: Brazucas no Affliction

Por Guilherme Cruz


A noite de ontem (24) foi perfeita para os brasileiros. Nas três lutas com representantes brazucas, o resultado foi o mesmo: vitória. Último atleta tupiniquim a subir no ringue, Vitor Belfort não demorou a comemorar. Com apenas 37 segundos, o atleta de Carlson Gracie mostrou que está de volta em grande forma ao nocautear Matt Lindland com um rápido e eficiente jogo na trocação.

“Vim para competir e dominar essa categoria. Sou muito rápido, eu acho... A velocidade, a precisão, encontrei meu lugar agora. Você não pode bater a velocidade”, afirmou Belfort, ainda em cima do ringue, enquanto Lindland se recuperava do forte cruzado de direita. Na luta anterior, Renato “Babalu” também mostrou um excelente trabalho. Contra Thierry Sokoudjou, Babalu não deu chances ao camaronês, finalizando o adversário no segundo round. “Trabalhei muito no meu camp... Ele tinha um bom Judô, mas sou um melhor wrestler”, afirmou Babalu.

Após a primeira vitória no evento, Babalu já afirmou que sonhava com uma luta contra Tito Ortiz no ringue e, agora que Ortiz trabalha no evento – ainda não como lutador, mas apresentador –, Babalu vê essas chances aumentarem. Entrevistado pelo americano, Babalu não perdeu a oportunidade de fazer o desafio. “A categoria é muito difícil. Quero que você entre aqui e lute comigo”, falou o brasileiro. Diante do desafio, Tito jogou para a torcida: “querem me ver lutar com Babalu?”.

Primeiro brazuca a pisar no ringue, nas lutas preliminares, Rogério “Minotouro” conseguiu a revanche contra Vladimir Matyushenko com um nocaute no segundo round. Em cima do ringue, o baiano resumiu em uma frase a felicidade pela vitória. “Ele lutou bem, mas eu fui melhor”, garantiu Minotouro.

Será que ainda precisamos falar que você confere essas lutas aqui!?

domingo, 25 de janeiro de 2009

Affliction 2: Day Of Reckoning (2009)



Confira tudo que rolou no maior concorrente do UFC nos EUA, Affliction 2: Day Of Reckoning

Download: Torrent

Tamanho: 1,36 Gbytes
Formato: AVI
Qualidade: DVD

Evento: Affliction: Day of Reckoning
Data: Sábado 24 de Janeiro 2009
Local: Honda Center in Anaheim, California

Main event
- Fedor Emelianenko vs. Andrei Arlovski -

Card Principal
265 lbs.: Josh Barnett vs. Gilbert Yvel
185 lbs.: Matt Lindland (21-5) vs. Vitor Belfort
205 lbs.: Renato "Babalu" Sobral vs. Rameau Thierry Sokoudjou
155 lbs.: Chris Horodecki (12-1) vs. Dan Lauzon (10–2)
265 lbs.: Paul Buentello vs. Kiril Sidelnikov (4-2)

Preliminares
205 lbs.: Antonio Rogerio Nogueira vs. Vladimir Matyushenko
170 lbs.: Jay Hieron vs. Jason High
145 lbs.: Bao Quach vs. LC Davis
145 lbs.: Albert Rios vs. Antonio Duarte
265 lbs.: Brett Cooper vs. Patrick Speight

sábado, 24 de janeiro de 2009

Affliction 2: Day of Reckoning Ao Vivo após a meia-noite

Watch live video from MMA/Boxing ~ WRESTLING-TV.NET on Justin.tv

MMA TV

Watch live video from MMA/Boxing ~ WRESTLING-TV.NET on Justin.tv

Shogun Recebe convite para lutar contra Liddell

Esse vídeo mostra Dana White oferecendo a luta ao brasileiro.

UFC 2 Royce Gracie (Jiu Jitsu) vs. Remco Pardoel (Grappler)


Praticamente uma luta entre Davi e Golias.

Parte 1

UFC 2 Orlando Weit (Kickboxing) vs. Remco Pardoel (Grappler)


Essa é uma luta que entrou para a história do UFC.

Parte 1

UFC 2 Jason DeLucia (Kung Fu) vs. Royce Gracie (Jiu Jitsu)


Luta onde Royce vence de cabeça para baixo.

Parte 1

UFC 2 Patrick Smith (Kickboxing) vs. Johnny Rhodes (Karate)


Uma guilhotina fantástica.

Parte 1

UFC 2 Johnny Rhodes (Karate) vs. Fred Ettish (Karate)


Basicamente um espancamento.

Parte 1

UFC 2 Scott Morris (Exotics) vs. Patrick Smith (Kickboxing)


Uma das lutas mais violentas da história do UFC


Parte 1

UFC 2 Royce Gracie (Jiu Jitsu) vs. Patrick Smith (Kickboxing)


Grande final do UFC 2. Segundo entrevistas Royce disse que Patrick ficou falando o tempo todo da luta: " Royce você é o melhor, você é o campeão."

Parte 1

UFC 2 Minoki Ichihara vs. Royce Gracie


Outra raridade. Grandes lutas do UFC 2.

Parte 1

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Vitor Belfort vs. Terry Martin Affliction Banned

Confira as lutas do evento que é o maior concorrente do UFC nos EUA, Affliction. O Próximo evento será encontrado aqui. Nessa luta, reparem quem é o treinador de Vitor, é o super campeão Randy Couture. Aproveitem.


J.J. Ambrose vs. Mike Pyle Affliction Banned

Confira as lutas do evento que é o maior concorrente do UFC nos EUA, Affliction. O Próximo evento será encontrado aqui. Aproveitem.


Matt Lindland vs. Fabio Negao Nascimento Affliction Banned

Confira as lutas do evento que é o maior concorrente do UFC nos EUA, Affliction. O Próximo evento será encontrado aqui. Aproveitem.


Edwin Dewees vs. Antonio Rogerio Nogueira Affliction Banned

Confira as lutas do evento que é o maior concorrente do UFC nos EUA, Affliction. O Próximo evento será encontrado aqui. Aproveitem.


Renato Babalu Sobral vs. Mike Whitehead Affliction Banned

Confira as lutas do evento que é o maior concorrente do UFC nos EUA, Affliction. O Próximo evento será encontrado aqui. Aproveitem.


Josh Barnett vs. Pedro Rizzo Affliction Banned

Confira as lutas do evento que é o maior concorrente do UFC nos EUA, Affliction. O Próximo evento será esse sábado e você terá as lutas para baixar aqui. Aproveitem.

Andrei Arlovski vs Ben Rothwell

Confira as lutas do evento que é o maior concorrente do UFC nos EUA, Affliction. O Próximo evento será esse sábado e você terá as lutas para baixar aqui. Aproveitem.



Fedor Emelianenko vs Tim Sylvia Affliction Banned

Confira as lutas do evento que é o maior concorrente do UFC nos EUA, Affliction. O Próximo evento será esse sábado e você terá as lutas para baixar aqui. Aproveitem.


UFC 1 Royce Gracie vs. Gerard Gordeau


Raridade pura. Primeiro UFC, a organização ainda era da família Gracie. Nessa época não havia regras, não havia limite de tempo, era uma arte marcial contra a outra e o sangue jorrava. Confiram como o MMA foi construído. Essa foi a grande final do UFC 1. Confira.

Parte 1

UFC 1 Royce Gracie vs. Ken Shamrock


Raridade pura. Primeiro UFC, a organização ainda era da família Gracie. Nessa época não havia regras, não havia limite de tempo, era uma arte marcial contra a outra e o sangue jorrava. Confiram como o MMA foi construído. Nessa luta temos SHOOTFIGHTING vs. JIU-JITSU.

Parte 1

UFC 1 Ken Shamrock vs. Patrick Smith


Raridade pura. Primeiro UFC, a organização ainda era da família Gracie. Nessa época não havia regras, não havia limite de tempo, era uma arte marcial contra a outra e o sangue jorrava. Confiram como o MMA foi construído. Nessa luta temos SHOOTFIGHTING vs. TAE KWON DO.

Parte 1

UFC 1 Kevin Rosier vs. Gerard Gordeau


Raridade pura. Primeiro UFC, a organização ainda era da família Gracie. Nessa época não havia regras, não havia limite de tempo, era uma arte marcial contra a outra e o sangue jorrava. Confiram como o MMA foi construído. Nessa luta temos KICKBOXING vs. SAVATE.

Parte 1

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

UFC 1 Royce Gracie vs. Art Jimmerson


Raridade pura. Primeiro UFC, a organização ainda era da família Gracie. Nessa época não havia regras, não havia limite de tempo, era uma arte marcial contra a outra e o sangue jorrava. Confiram como o MMA foi construído. Nessa luta temos JIU-JITSU vs. BOXING.

Parte 1

UFC 1 Kevin Rosier vs. Zane Frazier


Raridade pura. Primeiro UFC, a organização ainda era da família Gracie. Nessa época não havia regras, não havia limite de tempo, era uma arte marcial contra a outra e o sangue jorrava. Confiram como o MMA foi construído. Nessa luta temos KICKBOXING vs. KARATE.

Parte 1

UFC 1 Teila Tuli vs. Gerard Gordeau


Raridade pura. Primeiro UFC, a organização ainda era da família Gracie. Nessa época não havia regras, não havia limite de tempo, era uma arte marcial contra a outra e o sangue jorrava. Confiram como o MMA foi construído. Luta 1 do evento: SUMO vs. SAVATE.

Parte 1

Lutadores do UFC 94: BJ Penn


E no canto direito... ele que é conhecido como The Prodigy (O Progídio) com 18 lutas sendo 13 vitórias 4 derrotas e um empate.
Ele que possui uma bom posicionamento na luta de pé, mas é excelente nas submissões.
Sua última luta no UFC foi dia 24 de Maio em 2008 conquistando sua 3ª vitória consecutiva mas que desta vez não foi por submissão como as outras, mas sim um nocaute técnico.Ele que deseja agora assumir o comando do Welterweight ....

BJ PENN!!!


- How is your training during the week?
- I’ve got a newborn fire inside me and I’m gonna do everything in my power to get everything that I’ve always wanted to achieve.

- When and why did you start training for fighting?
- A tae kwon do instructor moved near my house in 96. He took a few private lessons in jiu-jitsu. I never did tae kwon do. He saw me and my friends hanging out around the neighborhood and asked my father to have them come wrestle with him. I never wanted to go and one day my dad was like if you don’t go he won’t stop asking me. So I did it to please my dad. When I went there he tapped me out and my mind started rolling and never stopped.

- What ranks and titles have you held?
- UFC Lightweight Champion. Former UFC World Welterweight champion. Rumble on the Rock lightweight champion. I am the most decorated jiu-jitsu athlete in America. I am the first non-Brazilian to win the world championships at the black belt level.

- Do you have any heroes?
- I have had so many and still do. It wouldn’t be fair to say just one. I have new influences everyday in life and fighting.

- What is your favorite technique?
- My heart and mind are my most important things. I know it doesn’t sound too original but I will prepare properly for each fight and never give up.

- What does it mean for you to fight in the UFC?
- It feels great fighting in the UFC. When I was younger that is the only place I wanted to fight professionally.

- Did you go to college and if so what degree did you earn?
- I went to school to learn some wrestling but wasn’t too serious about the academics.

- What was your job before you started fighting? - None.

Notícias: Taktarov na ativa


Não sei se vc ainda se lembra daquele campeão das antigas, do UFC 4, o russo Oleg Taktarov? Pois é não é que aos seus 41 anos ele ainda está na ativa!?
Não, ele não voltará com frequência aos campeonatos, mas está fazendo bastante sucesso nas telinhas e telonas. Ele vem participando de alguns filmes como o recente "Righteous Kill" (muito bom por sinal), "We Own The Night" e "National Treasure". Além disso ele também está participando de um seriado na Russia chamado "Back on Track". Embora já tenha norte-americanos de olho no seriado os produtores não estão interessados em vendê-lo.
Para aqueles que estão interessados em saber se ele vai ter mais performances além das duas últimas no ano passado aí está a resposta dele:
"Assim que eu tiver uma boa oferta na hora certa" - disse ele - "Aquelas duas lutas vieram no tempo certo e eram uma boa oferta".

Bom, se alguém tiver grana para bancar o grandalhão, acho que ainda podemos ver mais alguns shows dele!

Notícias: Matyushenko quer acabar com Minotouro

Por Guilherme Cruz

Responsável pela primeira derrota na carreira de Rogério “Minotouro”, em 2002, Vladimir Matyushenko reencontra o brasileiro no próximo sábado, 24 de fevereiro, na segunda edição do Affliction. Se na primeira luta a vitória veio na decisão, Matuyshenko, aos 38 anos, espera um Minotouro com sede de vingança, partindo para cima desde o começo.

“Ele virá para cima tentar me acertar na cara, me finalizar... Vou tentar me defender e acabar com ele”, garante o bielo-russo, que fez apenas uma luta em 2008 – vencendo por nocaute, em abril. “Foi um ano frustrante para mim, me preparando para lutar na IFL e ver o evento ser cancelado, me preparar para lutar no Affliction e ser adiado, mas antes tarde do que nunca. Isso é frustrante, porque não sou o tipo de cara que consegue simplesmente sentar e esperar”, contou o lutador, que espera fazer quatro lutas em 2009. “Três ou quatro lutas esse ano seria bom. Estou aberto para outras lutas. Affliction é minha prioridade, mas posso lutar em outro lugar se não tiver luta confirmada”, finalizou o adversário de Minotouro, em entrevista ao site MMA Weekly.

Notícias: Aos fãs dos brazucas

Por Guilherme Cruz

Após cinco lutas no UFC, com saldo de duas vitórias e três derrotas, o brasileiro Marcus Aurélio teve seu contrato com a organização encerrado após a derrota para Hermes França, no UFC 90. Sem lutar desde o final de outubro, o atleta da American Top Team voltará ao octagon no dia 5 de fevereiro, pelo World Cagefighting Alliance.

O evento, que realiza sua primeira edição, escalou o brasileiro para a luta principal da note, contra Chris Liguori, ex-atleta do EliteXC e que vem de duas vitórias consecutivas. Ao longo dos pouco mais de seis anos de carreira, o americano acumulou nove vitórias em 16 combates. Na única vez em que enfrentou um atleta brazuca, Chris foi derrotado por Jorge Santiago, em 2005. Mais um brasileiro no card, Felipe Medeiros Avantes, atleta da Team Gold Fighters, encara Steve D’Angellis em busca da sua quinta vitória em seis lutas profissionais. O WCA acontece no dia 5 de fevereiro em Nova Jersey, Estados Unidos.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Ranking do MMA

O site de notícias MMAWeekly soltou hoje o último ranking dos 10 melhores MMA fighters do mundo inteiro.

Este ranking é muito interessante, pois leva em consideração a desempenho do lutador bem como, vitórias e derrotas, luta a luta e seus oponentes, dificuldade dos oponentes e inúmeros outros fatores que fazem desse ranking o mais amplo do esporte.

Outro ponto positivo é que aqueles lutadores que estão com problemas de drogas não são levados em consideração até que lutem depois de sua suspensão.

Um critério muito relevante que pode retirar muitos lutadores dele é que eles devem ter competido dentro dos últimos 12 meses. Mauricio Rua, Shogun, por exemplo, perdeu sua elegibilidade para o esse Top 10 levando em conta Setembro de 2008 por não ter completado um período de 12 meses. Mas devido sua última luta no UFC 93 ele completou sua elegibilidade e pode entrar no ranking.

Segue então a lista completa:


HEAVYWEIGHT DIVISION (acima de 205 pounds ou 93 kg)

LIGHT HEAVYWEIGHT DIVISION (205 pounds, 93kg no máximo

MIDDLEWEIGHT DIVISION (185 pounds, 83kg limite)

1 Fedor Emelianenko

1 Rashad Evans

1 Anderson Silva

2. Josh Barnett

2. Forrest Griffin

2. Robbie Lawler

3. Frank Mir

3. Quinton Jackson

3. Matt Lindland

4. Andrei Arlovski

4. Lyoto Machida

4. Yushin Okami

5. Antonio Rodrigo Nogueira

5. Mauricio "Shogun" Rua

5. Nathan Marquardt

6. Randy Couture

6. Chuck Liddell

6. Jorge Santiago

7. Tim Sylvia

7. Antonio Rogério Nogueira

7. Dan Henderson

8. Gabriel Gonzaga

8. Keith Jardine

8. Gegard Mousasi

9. Mirko "Cro Cop" Filipovic

9. Wanderlei Silva

9. Kazuo Misaki

10. Brock Lesnar

10. Thiago Silva

10. Yoshihiro Akiyama


 

WELTERWEIGHT DIVISION (170 pounds, 77kg limite)

LIGHTWEIGHT DIVISION (160 pounds, 72kg limite)

1. Georges St. Pierre

1. Shinya Aoki

2. Jon Fitch

2. B.J. Penn

3. Thiago Alves

3. Eddie Alvarez

4. Josh Koscheck

4. Joachim Hansen

5. Jake Shields

5. Tatsuya Kawajiri

6. Matt Hughes

6. Gesias "JZ" Calvancante

7. Matt Serra

7. Kenny Florian

8. Diego Sanchez

8. Mitsuhiro Ishida

9. Carlos Condit

9. Josh Thomson

10. Karo Parisyan

10. Satoru Kitaoka


 

FEATHERWEIGHT DIVISION (145 pound, 65kg limite)

BANTAMWEIGHT DIVISION (135 pounds, 61kg ou menos)

1. Mike Brown

1. Miguel Torres

2. Urijah Faber

2. Brian Bowles

3. Wagnney Fabiano

3. Masakatsu Ueda

4. Hatsu Hioki

4. Koetsu Okazaki

5. "Lion" Takeshi Inoue

5. Marcos Galvao

6. Akitoshi Tamura

6. Takeya Mizugaki

7. Hideki Kadowaki

7. Will Ribeiro

8. Jeff Curran

8. Chase Beebe

9. Rafael Assuncao

9. Manny Tapia

10. Leonard Garcia

10. Atsushi Yamamoto



 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...